Conquista: Ex-aluno de Nutrição entra no Mestrado na Unesp

O ex-aluno do curso de Nutrição do Imes Catanduva Viniccius Silva de Almeida foi aprovado em primeiro lugar no processo seletivo 2020 para o curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência de Alimentos na Unesp de São José do Rio Preto (Na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos). A direção do Imes parabeniza-o pela importante conquista profissional!

81027962_1400570250116680_833425853894361088_n

Ex-aluno de Nutrição publica trabalho em E-book

O ex-aluno do curso de Nutrição do Imes Catanduva Viniccius Silva de Almeida teve um de seus trabalhos publicados como capítulo do livro (em formato e-book) “Nutrição em foco: uma abordagem holística”, volume I. A pesquisa desenvolvida por ele tem como título “Ação Antibacteriana de Algumas Variedades do Gênero Capsicum”, e foi feita sob a orientação da Profa. Dra. Maria Luiza Silva Fazio, com a colaboração do Prof. Dr. Fernando Leite Hoffmann, da Unesp (in memoriam) e do técnico de laboratório Mairto Roberis Geromel.
O texto tem 10 páginas e encontra-se no capítulo 5 do e-book (Editora Conhecimento Livre, com inscrição na Biblioteca Nacional com o prefixo ISBN 978-65-80-226). Link para acessar o trabalho: https://conhecimentolivre.org/wp-content/uploads/edd/2019/12/129221815-26.1-2019.pdf

Professora de Nutrição participa de banca de Mestrado na Unesp

A professora Dra. Maria Luiza Silva Fazio, do curso de Nutrição do Imes Catanduva, participou, no dia 27 de novembro, da Comissão Examinadora do Exame Geral de Qualificação de Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Alimentos e Nutrição da Unesp/ Araraquara, onde avaliou a dissertação intitulada “Estudo dos efeitos das nanopartículas metálicas de ZnO e ZnS sobre a formação de biofilmes bacterianos e alterações metabólicas em Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa e Klebsiella oxytoca”.
A pesquisa foi desenvolvida pelo nutricionista Rafael Bianchini Fulindi, ex-aluno do curso de Nutrição do Imes, sob orientação do Prof. Dr. Paulo Inácio da Costa, que, no final, obteve aprovação pela banca.
Além da Profa. Maria Luiza, a comissão teve, como membro titular, o Prof. Dr. Adilson César Abreu Bernardi (Uniara – Universidade de Araraquara).

malu

Docente do curso de Nutrição apresenta três trabalhos em Maceió

A professora Dra. Maria Luiza Silva Fazio, docente do curso de Nutrição do Imes Catanduva, participou do “30º Congresso Brasileiro de Microbiologia – CBM 2019”, promovido entre os dias 06 e 09 de outubro, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió (AL). No evento teve a oportunidade de apresentar duas seguintes pesquisas desenvolvidas sob a sua orientação: “ANTIBACTERIAL ACTION OF IN NATURA MUSHROOMS” desenvolvida pela ex-aluna Maria Carolina Scaldelai, e “ANTIMICROBIAL ACTIVITY OF CAJEPUT, CAMEL GRASS, LEMON GRASS, CAT`S HERB AND SCOTLAND MINT ESSENTIAL OILS”, desenvolvida pela aluna Natália Marasco – e ambas com a participação do técnico de laboratório do Imes, Mairto Roberis Geromel.
Também participou do evento apresentando o trabalho intitulado “ANTIBACTERIAL POTENTIAL OF HONEY AND PROPOLIS”, da ex-aluna Larissa Paulino, desenvolvido sob a orientação da Profa. Maria Luiza e participação de Mairto Roberis Geromel.
O “CBM 2019” é considerado um dos mais importantes da área realizados no Brasil.

Professora de Nutrição integra banca de Doutorado na Unesp

A professora Dra. Maria Luiza Silva Fazio, do curso de Nutrição do Imes Catanduva, participou, no dia 04 de setembro, da Comissão Examinadora da Defesa de Tese de Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência de Alimentos da Unesp/ São José do Rio Preto, onde avaliou a tese intitulada “Suco de laranja integral: caracterização físico-química, avaliação sensorial e desenvolvimento de fruta estruturada com polpa de uva e goiaba”.
A pesquisa foi desenvolvida pela nutricionista Lara Borghi Virgolin, ex aluna do curso de Nutrição do Imes, sob orientação da Profa. Dra. Natália Janzantti, que, no final, obteve aprovação pela banca.
Além da Profa. Maria Luiza, a comissão teve, como membro titular, a Profa. Dra. Ellen Silva Lago Vanzela, a Profa. Dra. Ana Carolina Conti e Silva e a Profa. Dra. Mércia Fatima Manente Bettini.

70091193_2979954772076978_7952810046570627072_o

Foto (da esquerda para a direita): Profa. Dra. Ellen Silva Lago Vanzela, Profa. Dra. Maria Luiza Silva Fazio, Profa. Dra. Ana Carolina Conti, Profa. Dra. Mercia Fatima Manente Bettini, Lara Borghi Virgolin e Profa. Dra. Natália Janzantti.

Docente do curso de Nutrição apresenta dois trabalhos no Chile

A professora Dra. Maria Luiza Silva Fazio, docente do curso de Nutrição do Imes Catanduva, participou do “XXIV Congreso Latinoamericano de Microbiología – ALAM 2018”, promovido entre os dias 13 e 16 de novembro no Centro de Eventos y Convenciones Centroparque, em Santiago – Chile. No evento teve a oportunidade de apresentar duas pesquisas desenvolvidas sob a sua orientação: “Atividade antimicrobiana de plantas alimentícias não convencionais (PANCs) sobre algumas bactérias”, desenvolvida pela aluna Larissa Gonsales Paulino e com a participação do técnico do laboratório de Nutrição do Imes Mairto Roberis Geromel, e “Ação antibacteriana de óleos essenciais de laranja, limão siciliano e mandarina verde”, desenvolvida pelos ex-alunos Viníccius Silva de Almeida, Mateus Tonelli e com a participação de Mairto Roberis Geromel. O “ALAM 2018” é considerado um dos mais importantes da área realizados na América Latina, e na edição deste ano reuniu 1600 participantes de 26 países.

Professora e ex-aluna de Nutrição do Imes publicam artigo científico

A ex-aluna do curso de Nutrição do Imes Catanduva Daniela Rodrigues dos Santos (foto abaixo) publicou recentemente artigo na revista científica “Hígia Ciência” (v. 4, n. 1), sob a orientação da Profa. Dra. Maria Luiza Silva Fazio. O título do trabalho é “Ação antimicrobiana de arruda, boldo chileno, camomila egípcia, carqueja e erva cidreira”, com autoria ainda de Mairto Roberis Geromel, técnico de laboratório do Imes.
De acordo com a professora Maria Luiza, o estudo avaliou a atividade antimicrobiana dos extratos aquosos de plantas medicinais usadas no preparo de chás – arruda, boldo chileno, camomila egípcia, carqueja e erva cidreira, e dos mesmos combinados entre si, sobre algumas bactérias, como Bacillus cereus, Bacillus subtilis (ATCC 6633), Salmonella Typhimurium (ATCC 14028), Salmonella Enteritidis e Staphylococcus aureus (ATCC 22923). “O extrato de carqueja apresentou o maior espectro de ação, uma vez que inibiu de forma mais eficaz todos os microrganismos. A ação mais eficiente foi observada no extrato de carqueja sobre B. subtilis. S. Enteritidis foi a bactéria inibida pelo maior número de extratos (7). A ação antibacteriana mais eficaz foi constatada para o extrato aquoso de carqueja”, comentou.